Menu
menu
Crianças de Ouro Preto
Todos os direitos reservados.

Fotógrafo viajando significa toneladas de fotos. Sempre com a câmera na mão, cada instante rende uma nova captura. Depois, na chegada de volta em casa, hora de separar o joio do trigo e tratar, jogar fora o que não gostou (o que eu nunca faço – haja HD!) e começar a organizar o resultado de um dedo leve em local novo.

Mas há sempre aquela foto que vale por todas as outras. Nem sempre é a melhor foto, mas a que te tocou de alguma maneira.

Estava em Ouro Preto, cidade histórica e bucólica no meio de montanhas de Minas Gerais que outrora encheram os bolsos lusitanos e ingleses, andando com minha esposa pelas ruas, conhecendo a cidade como se deve fazer, quando me deparei com estas duas crianças, provavelmente esperando alguém dentro de um carro estacionado do outro lado da rua. Estavam contentes, brincando, quando mirei a câmera e gritei um “Oi!”. Elas ficaram eufóricas! Uma alegria imensa de terem sidos notados por alguém com uma câmera. A alegria foi recíproca. Cliquei e abri um sorriso pra elas. E ao sair caminhando, acenei com um adeus prontamente correspondido novamente com euforia pelas crianças.

Saí dali feliz e de ânimo renovado. A foto valeu por cada clique feito na viagem (que não foram poucos).

error: Content is protected !!