Menu
menu

ÉvoraPegar um carro em Lisboa e sair dirigindo pela rodovia A6 olhando as paisagens repletas de oliveiras e montanhas com castelos já foi um ótimo começo para o que viria alguns quilômetros depois. Évora fica no coração do Alentejo e é conhecida como a capital da região. O centro histórico da cidade circundado por uma enorme muralha construída no século III conserva a aura medieval de uma cidade que foi conquistada e reconquistada por vários povos.

Estivemos por lá apenas dois dias no fim de semana. A cidade completamente vazia, pacata, com suas casas de paredes brancas e ruas estreitas, me fez sentir os séculos passando como se fossem uma brisa que se contorce pelos becos.

Os vinhedos que se espalham nos arredores da cidade produzem os meus vinhos preferidos. Os verdadeiros alentejanos combinam perfeitamente com a cidade.

Vinhedos

O pôr-do-sol visto a partir do Jardim de Diana, em frente ao Templo Romano, é único. Cenas que passam em câmera lenta aos olhos e mente, fazendo pensar que tudo na vida valeu a pena para que chegasse aquele momento. Pude viver para contemplar o laranja do horizonte esvanecendo em um azul forte e se tornando negro como se a noite esperasse por alguns minutos para chegar, somente para que tivéssemos tempo suficiente para contemplar as revoadas de andorinhas.

Évora é poesia concreta.

Évora

Post Anterior

Próximo Post

error: Content is protected !!