Menu
menu
SILVA, Bruno ® Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução ou utilização.
SILVA, Bruno ® Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução ou utilização.

A lomografia nunca foi algo que eu me interessasse. Sempre rolou aquela torcida de nariz. Não gosto muito das experimentações que mais parecem brincadeiras de criança (e as vezes são mesmo). Eu levo a fotografia a sério demais, mas as vezes é bom testar coisas novas.

O filme Lomochrome Purple fabricado pela Lomography é um bom exemplo de psicodelia fotográfica. Não espere cores fieis. Esta emulsão foi projetada justamente para distorcer as cores. Algo parecido com os antigos filmes infra-vermelho como o Aerochrome da Kodak. O verde fica roxo, o azul, um belo tom de ciano. O vermelho é intenso e o amarelo é cor-de-rosa. As outras cores sempre em tom rosado mas esmaecidas. Tudo com uma aura extraterrestre, como se estivéssemos em um mundo diferente.

SILVA, Bruno ® Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução ou utilização.
SILVA, Bruno ® Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução ou utilização.

Comprei pela curiosidade, pois não é um filme barato. Na loja da Lomography no Porto, em Portugal, paguei 11 Euros (cerca de 50 Reais). Mas o resultado valeu cada centavo.

Este filme tem um alcance dinâmico muito grande, permitindo ser fotografado em ISO 100 a 400. Eu particularmente prefiro expor o filme por mais tempo, usando o ISO 100, que garante uma granulação fina e cores mais vivas. Também recomendo, para resultados mais expressivos, ser usado para fotografar paisagens e ambientes externos.

Infelizmente a Lomography parece ter descontinuado seu irmão Lomochrome Turquoise. Porém ainda pretendo encontrar algum deste em alguma gaveta por aí. Quem sabe?

 

 

error: Content is protected !!